.posts recentes

. A verdade

. Marques Mendes quer julga...

. JSD manifesta a sua indig...

. EBI, será realidade?

. Proposta da Coligação PSD...

. SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ...

. QUESTIONÁRIO

. Amílcar Mourão estupefact...

. FERIA DOS SANTOS

. SABIAM ESTA ?

.arquivo JSD

. Junho 2008

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006
Assembleia Municipal
No passado dia 16 de Fevereiro realizou-se a reunião Ordinária da Assembleia Municipal de Alvito onde, a bancada Municipal de Deputados eleitos pelo Movimento Independente apresentou 4 moções, todas aprovadas por unanimidade. A JSD espera que o Movimento continue tão activo até ao fim do mandato mas, que tenha em atenção que as moções apresentadas não servem para retirar a responsabilidade do Executivo que deve também exercer pressão e não encostar-se a moções de alívio como estas.
Uma das moções apresentada pelo Movimento, tinha como tema o encerramento da Zona Agrária em Alvito e, respectiva deslocação para Cuba. As explicações dadas pelo Executivo, em relação a este tema, não são muito convincentes e, é do conhecimento que a CM Cuba mexeu os cordelinhos e através do partido que a apoia, centrou no seu concelho esta zona agrária. Alvito não teria as mesmas condições que Cuba para acolher esta nova Zona Agrária? Assim se pode ver a importância de um partido político a suportar o poder autárquico.

No espaço reservado à intervenção do publico, a Juventude Social Democrata de Alvito apresentou à mesa dois documentos e entregou copia em CD a cada Deputado Municipal. Os documentos entregues vem na sequencia da reunião de câmara e numa lógica de informação da Assembleia Municipal. Mais tarde a JSD publicará aqui os documentos entregues na reunião de Assembleia Municipal e reunião de Câmara.
publicado por JSD às 09:50
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 19:22
A questão da zona agrária é só mais episódio de desinvestimento do poder central que prossegue há mais de quatro anos esta via peregrina de isolar o interior. No tempo dos governos PPD/CDS fecharam muitas zonas agrárias no Alentejo e ninguém disse nada. Os jovens S. D. devem ter como objectivo primeiro a defesa dos interesses de Alvito, à vossa maneira, claro. No município, a defesa dos interesses dos munícipes, de forma institucional cabe à A. M. e à C. M.. Podem intervir os dois orgãos mas, pode ser um desperdício de tempo.
As outras forças vivas do concelho, podem e devem criticar quem bem lhes apeteça mas, a Câmara não tem poderes para impedir o fecho de serviços públicos. Os partidos que governam Portugal há 30 anos é que tem utilizado o poder para tornar o interior mais inóspito, mais caro e claro, com menos gente. Agradecem ao vosso partido, dos grandes e ao outro partido vosso concorrente o resultado que temos no interior do país.
Bem hajam por este espaço de liberdade, isso sim, também característico do PPD.
indio
</a>
(mailto:indio@iol.pt)

Comentar post

.MAIS JSD
.pesquisar
 
.Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO
.subscrever feeds