.posts recentes

. A verdade

. Marques Mendes quer julga...

. JSD manifesta a sua indig...

. EBI, será realidade?

. Proposta da Coligação PSD...

. SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA ...

. QUESTIONÁRIO

. Amílcar Mourão estupefact...

. FERIA DOS SANTOS

. SABIAM ESTA ?

.arquivo JSD

. Junho 2008

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

Sexta-feira, 31 de Março de 2006
Câmara Municipal de Alvito na mira da JSD
Radio Pax.bmp

A Juventude Social Democrata (JSD) acusa a Câmara Municipal de Alvito de cometer atentado contra o ambiente. O caso já levou um munícipe a apresentar uma queixa contra a autarquia de Alvito. De acordo com os jovens Social Democratas, foram lançados na Ribeira de Alvito águas sujas e óleos provenientes da limpeza da fossa do estaleiro municipal. António Freire, presidente da concelhia de Alvito da JSD, afirma que se trata de “uma situação sem explicação”.

Por seu lado, João Paulo Trindade, presidente do município, afirma que não houve nenhum atentado, apenas um pequeno acidente.

Este pequeno acidente não teve consequências consideráveis, na perspectiva da Câmara Municipal de Alvito.

in, Radio Pax
publicado por JSD às 09:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 30 de Março de 2006
Autarquia polui ambiente
Ainda no seguimento do assunto do post Atentado ao ambiente, património de todos e dos comentários justificativos do crime ambiental praticado pelo Município de Alvito, voltamos a insistir que além de tolos e mentirosos, nada temos de exagerados. Apenas nos limitamos a denunciar situações graves, perante o juízo do comum dos mortais. Pensamos ainda que a tentativa de nos calarem e desprestigiarem a nossa forma de estar na oposição, só nos leva ainda mais, a aumentar o amor ao rigor, à seriedade e, sobretudo, ao objectivo que nos norteia que é o de que Alvito seja um bom concelho.
Assim e como demonstram as fotos, foi levianamente evacuada para uma linha de água, os óleos e detergentes oriundos de uma limpeza efectuada pela Câmara Municipal no seu estaleiro, à caixa separadora óleo/água. Esses poluentes foram evacuados a uma hora do dia em que chovia torrencialmente pelo que nos legitima a crer que não foi só por negligência que a coisa aconteceu dado a simultaneidade da descarga com o período em chovia torrencialmente.
Tal facto, ainda é mais grave porque é ao Município que em termos legais cabe a tarefa de – Lei n.º 58/2005 de 29 de Dezembro — Colaboram na acção fiscalizadora as autoridades policiais ou administrativas com jurisdição na área, devendo prevenir as infracções ao disposto nesta lei e participar as transgressões de que tenham conhecimento. Livros ou registos solicitados, da abertura de contentores e da garantia de acessibilidade a equipamentos.

Por outro lado, tais factos integram a prática de contra-ordenação cujas coimas aplicáveis variam entre um limite mínimo de € 250 e um limite máximo de € 2 500 000. Integram ainda a prática de um crime de Poluição – art.º 279º do Código Penal, punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa até 600 dias.

Mas mais. Segundo apurámos, os veículos da CMA são lavados e lavados os respectivos motores, em pleno estaleiro, cuja água, óleos e detergentes escorre pelo próprio solo onde o veículo é lavado, causando assim que na zona a sul do estaleiro, águas e terras apresentem valores elevados de poluição.

Como podem ver, temos presente que a situação não é nova, pois já dura há vários anos, mas que parece que com o prelúdio daquela descarga presenciada, só veio dar azo a desculpas e mais desculpas e a minimizar um facto de extrema importância, que por se cutucarem por tudo e por nada e estarem armados em donos absolutos da razão o tentam escamotear e fingir que não aconteceu.

Aqui ficam as fotos tirada no local no dia dos acontecimentos:

lol 034.jpg

lol 032.jpg

lol 031.jpg

publicado por JSD às 16:44
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Março de 2006
Atentado ao ambiente, património de todos

A autarquia de Alvito, na passada segunda-feira, realizou uma limpeza a uma fossa no seu estaleiro em Alvito, até aqui tudo muito normal, a autarquia a zelar pela manutenção dos seus equipamentos. O que é bastante grave foi o incrível descuido, pois a descargas das águas sujas e óleos contidos na tal fossa foram encaminhados para a ribeira de Alvito que passa bastante perto do estaleiro.

Segundo fonte que assistiu ao crime ambiental, parte da ribeira perto do estaleiro ficou poluída por uma mancha de óleos negros que rapidamente poluíram as margens da mesma.

Este é um crime grave, um atentado ao património de todos nós, um crime ambiental que levou um munícipe do concelho a apresentar uma queixa crime contra autarquia, derivado a esta má pratica.
publicado por JSD às 11:11
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Quinta-feira, 23 de Março de 2006
A autarquia de Alvito tem as taxas de construção civil mais altas de toda a região.
Qualquer munícipe do concelho reconhece o calvário que é realizar obras no concelho de Alvito, como se não basta-se toda a burocracia necessária em qualquer parte deste pais, a freguesia de Alvito ainda tem a particularidade de grande parte dela estar a alçada do IPAR, pois quase todas as habitações estão a menos de 50 metros de um monumento. vila rica em património, isso é certo, mas que pela sua particularidade causa grandes constrangimentos a quem quer construir em tais zonas. É de realçar que isto não é uma critica, mas uma constatação dos factos.

Não bastando tais dificuldades, que passam por um emaranhado de projectos, pareceres e outros documentos de valor bastante elevado, ainda temos as taxas, licenças e outros pagamentos obrigatórios que se tem de efectuar à autarquia para o mais variado tipo de construções, e que são os mais elevados de toda a região.

Para a JSD – Alvito e evidente que tais valores têm de ser revisto para, que estes não se tornem mais um entrave ao lento desenvolvimento do concelho de Alvito.


JSD - Alvito
publicado por JSD às 09:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 21 de Março de 2006
É tempo de aprendermos que os bárbaros somos nós.
Recebi hoje o mail abaixo. Derivado ao seu interesse resolvi publicar o mesmo na integra neste espaço da JSD – Alvito.

A JSD – Alvito agradece ao remetente.

Noroega.bmp

"Na Noruega, o horário de trabalho começa cedo (às 8 horas) e acaba cedo (às 15.30). As mães e os pais noruegueses têm uma parte significativa dos seus dias para serem pais, para proporcionar aos filhos algo mais do que um serão de televisão ou videojogos. Têm um ano de licença de maternidade e nunca ouviram falar de despedimentos por gravidez."


"A riqueza que produzem nos seus trabalhos garante-lhes o maior nível salarial da Europa. Que é também, desculpem-me os menos sensíveis ao argumento, o mais igualitário. Todos descontam um IRS limpo e transparente que não é depois desbaratado em rotundas e estatuária kitsh, nem em auto-estradas (só têm 200 quilómetros dessas «alavancas de progresso»), nem em Expos e Euros."


Noroega 1.bmp


"É tempo de os empresários portugueses constatarem que, na Noruega, a fuga ao fisco não é uma «vantagem competitiva». Ali, o cruzamento de dados «devassa» as contas bancárias, as apólices de seguros, as propriedades móveis e imóveis e as «ofertas» de património a familiares que, em Portugal, país de gentes inventivas, garantem anonimato aos crimes e «confundem» os poucos olhos que se dedicam ao combate à fraude económica."


"Mais do que os costumeiros «bons negócios», deviam os empresários portugueses pôr os olhos naquilo que a Noruega tem para nos ensinar. E, já agora, os políticos.


Numa crónica inspirada, o correspondente da TSF naquele país, afiança que os ministros não se medem pelas gravatas, nem pela alta cilindrada das suas frotas. Pelo contrário, andam de metro, e não se ofendem quando os tratam por tu. Aqui, cada ministério faz uso de dezenas de carros topo de gama, com vidros fumados para não dar lastro às ideias de transparência dos cidadãos. Os ministros portugueses fazem-se preceder de batedores motorizados, poluem o ambiente, dão maus exemplos e gastam a rodos o dinheiro que escasseia para assuntos verdadeiramente importantes."


"Mais: os noruegueses sabem que não se «projecta o nome do país» com despesismos faraónicos, basta ser-se sensato e fazer da gestão das contas públicas um exercício de ética e responsabilidade. Arafat e Rabin assinaram um tratado de paz em Oslo. E, que se saiba, não foi preciso desbaratarem milhões de contos para que o nome da capital norueguesa corresse mundo por uma boa causa."


"Até os clubes de futebol noruegueses, que pedem meças aos seus congéneres lusos em competições internacionais, nunca precisaram de pagar aos seus jogadores 400 salários mínimos por mês para que estes joguem à bola.

Nas gélidas terras dos vikings conheci empresários portugueses que ali montaram negócios florescentes. Um deles, isolado numa ilha acima do círculo polar Árctico, deixava elogios rasgados à «social-democracia nórdica». Ao tempo para viver e à segurança social."


Noroega 2.bmp


"Ali, naquele país, também há patos-bravos. Mas para os vermos precisamos de apontar binóculos para o céu. Não andam de jipe e óculos escuros. Não clamam por messias nem por prebendas. Não se queixam do «excessivo peso do Estado», para depois exigirem isenções e subsídios."


É tempo de aprendermos que os bárbaros somos nós.

Seria meio caminho andado para nos civilizarmos.

publicado por JSD às 16:32
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Mário Nelson da Silva Vaz Simões, assessoria Bancada Parlamentar do PPD/PSD
Parlamento.bmp


Mário Nelson da Silva Vaz Simões, vereador da Câmara Municipal de Alvito, assessoria Deputado da Bancada Parlamentar do PPD/PSD desde o passado mês de Janeiro.

Tais funções só vem confirmar o discurso de Luís Marques Mendes, presidente do PPD/PSD, na Praça da Republica em Alvito, por altura da campanha eleitoral para as autárquicas 2005. Marques Mendes referiu que Mário Simões era um politico de âmbito nacional, um grande defensor da causa social democrata no Baixo Alentejo.
publicado por JSD às 10:52
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 15 de Março de 2006
Alvito está a mudar para .....
A festa da participação

Ontem à noite a Câmara Municipal de Alvito reuniu mais uma vez com os munícipes, cerca de trinta, para procurar as melhores soluções para o mercado e a feira.

A discussão foi animada, muito participada e esclarecedora. Naturalmente que nem todos têm a mesma postura. Enquanto uns expressam livremente as suas opiniões sem outro objectivo que não seja o de contribuir para ajudar a decisões mais acertadas, outros ainda estão de pé atrás, desconfiados, e outros ainda não disfarçam o seu desagrado pelo processo.

A gestão participada é a melhor solução para a tomada de decisões mais acertadas. É um processo que exige convicção e persistência de quem o promove. Exige um modelo e uma estratégia de comunicação para a mobilização da participação.

Uma vez assegurada a participação e ouvidas as diversas opiniões sobre o assunto em discussão a Câmara deve decidir em tempo oportuno. Não deve atrasar a decisão com justificação/desculpa da participação, porque dessa forma está a acabar com ela.

In, Alvitrando – blog de Lopes Guerreiro


JSD-ALVITO
Antonio Manuel Pataquinho Freire


Porque não se diz tudo?

Após ler este artigo publicado no blog Alvitrando, espaço da responsabilidade do cidadão Lopes Guerreiro, ex-autarca deste concelho, fiquei realmente de boca aberta!
Como se pode afirmar que este modelo, será o modelo de participação acertado? Onde quem está filiado ao PSD, como eu, não pode dar a sua opinião sobre os vários temas sem ser acusado de oportunismo politico. Como se pode deixar no ar que aqueles tipos de assembleias são essenciais e onde se discute muito e bem?

Na ultima reunião deste género tentaram arranjar um bode expiatória para justificar atrasos e obras por iniciar, foi uma vergonha, eu próprio não aguentei ouvir e retirei-me da reunião sem dizer uma única palavra. Alguns apoiantes do Movimento responsável pela autarquia, afirmaram mesmo que a culpa do atraso do concelho eram os funcionários da autarquia, estes foram apelidados de malandros e incompetentes, sem excepções. O mais caricato é que alguns dos que fizeram tais afirmações, eles próprios são funcionários da autarquia, estão a acusar colegas e a por um rotulo neles próprios. Mas isto o Srº Lopes Guerreiro não comentou.

Ouvi um funcionário da autarquia afirmar que, todos sabem que trabalhar na função publica é sinonimo de trabalhar mais devagar, que os funcionários públicos não querem trabalhar e para tal agarram-se a legislação em vigor na a função publica, que lhes permite malandrar. O mais engraçado é que o funcionário da autarquia de fez tais afirmações, à menos de um mês estava a atacar a Susana Dores, a criticar um artigo que denunciava o mau funcionamento da Biblioteca Municipal e ele próprio a defender os colegas que agora apelida de malandros e oportunistas. Não querem ser políticos, são independentes, e depois tem atitudes deste género, que moral tem depois para vir acusar os outros de politiquice?

Lopes Guerreiro afirma que, “Naturalmente que nem todos têm a mesma postura. Enquanto uns expressam livremente as suas opiniões sem outro objectivo que não seja o de contribuir para ajudar a decisões mais acertadas, outros ainda estão de pé atrás, desconfiados, e outros ainda não disfarçam o seu desagrado pelo processo.” A JSD – Alvito já por mais de uma vez teve a oportunidade de felicitar o Srº Presidente da autarquia pela iniciativa, a ideia é boa o modelo da reunião é que leva a situações muito desconfortantes que levam ao afastamento dos munícipes. Agora falo por mim, como posso eu dar a minha opinião sobre um qualquer tema em discussão nessas reuniões? Logo depois sou acusado de oportunismo e sou alvo do ataque serrado por parte dos apoiantes do MI.

Este tipo de reuniões só servem para que o presidente da autarquia possa ouvir os seus apoiantes, que estão sempre em maioria e a travar qualquer outra intervenção. Será isto gestão participada e democrática?
publicado por JSD às 11:48
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sábado, 11 de Março de 2006
JSD reúne com AJNG
Sexta-feira, dia 10 de Março, o presidente da CPS da JSD Alvito convocou todos os membros da comissão politica de secção, convidou também o Vereador Mário Simões, o membro da Assembleia de Freguesia de Alvito, Samuel Ribeiro e o companheiro Joaquim Bernardino, para uma reunião a realizar no Bairro Tapada do Lucas pelas 18 horas do mesmo dia, com o responsável pela Associação Juvenil Nova Geração, com o objectivo de os elementos da JSD e convidados poderem ficar mais esclarecidos sobre a problemática do Canil gerido por esta associação local.

Não podemos deixar de agradecer a disponibilidade do responsável pela AJNG, Nuno Pereira, em estar presente na reunião e a informar em que ponto se encontrava a associação e também de esclarecer os presentes sobre questões relacionadas ao futuro do canil.

Nuno Pereira, informou os presentes que neste momento o canil tem uma população de 42 animais a residir, uma divida na COVITO de 2300 € e que tem como receitas, um protocolo realizado com a autarquia em finais do ultimo mandato autárquico em que a CMA transfere mensalmente uma verba de 249,40 €, a Junta de Freguesia de Alvito transfere 100.00 € e a Junta de Freguesia de Vila Nova 75.00 €, o que perfaz um rendimento mensal de 524,40 € mais as doações feitas por empresas e particulares, o que no entender do responsável pelo canil dá para sustentar os animais, vendo assim viabilidade para a continuação deste modelo de gestão do canil.
Uma das preocupações do responsável pelo canil é o pagamento do ordenado da funcionária, pois esta verba satisfazem as necessidades dos animais mas não conseguem de forma alguma suportar o vencimento da funcionaria.

Foram informados todos os presentes que os custos para a manutenção anual de um canil com este tipo de gestão, ronda os 15000.00 €, isto com o pagamento de todas as despesas anuais do canil. Nuno Pereira também informou que está a trabalhar numa proposta para apresentar aos eleitos que passa por implantar uma taxa de saúde publica nas 1455 facturas de abastecimento de água, provocando essa taxa um acréscimo de 7,50 € anuais por factura, verba que reverteria na totalidade para a manutenção do canil.

Foi também mais uma vez referido que o canil se encontra numa zona de Reserva Ecológica Nacional, o que impede qualquer tipo de construção naquele local, não podendo os responsáveis pelo canil melhorar as condições físicas do espaço.

No final da reunião o presidente da CPS da JSD Alvito, agradeceu a presença de todos, mostrou ter ficado esclarecidos em alguns pontos mas, fez sentir a sua preocupação em relação ao futuro ainda inserto do canil.
publicado por JSD às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 9 de Março de 2006
Mario Simoes será Secretario-Geral Adjunto dos ASD
Autarcas

No próximo fim de semana, irá realizar-se o congresso dos Autarcas Sociais Democratas. Mário Nelson Simões, vereador da Câmara Municipal de Alvito, e grande lutador pela Social Democracia no Baixo Alentejo, vai estar presente no congresso e será o próximo Secretário-Geral Adjunto dos ASD.

A JSD – Alvito felicita o autarca e companheiro Mário Simões.
publicado por JSD às 12:57
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 8 de Março de 2006
Drº Horta abandona Alvito!
O Srº Drº Horta, nome pelo qual é mais conhecido no concelho, chefe de serviços da autarquia de Alvito, segundo fonte credível irá sair do quadro de funcionários da CM de Alvito e irá, já dentro de poucas dias, exercer a sua actividade na autarquia de Castro Verde liderada pelo PCP.

Será que foi encostado, fartou-se ou terá outros interesses?
publicado por JSD às 12:48
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
.MAIS JSD
.pesquisar
 
.Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO
.subscrever feeds